UFRGS é a 17ª coloca em um ranking britânico que analisa as melhores universidades da América Latina

QS Quacquarelli Symonds, analista internacional de Educação Superior, ainda mostra que a universidade é a única gaúcha entre as 50 melhores

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) subiu duas posições no ranking da britânica QS Quacquarelli Symonds para a América Latina, figurando agora em 17º lugar. O levantamento, divulgado nesta quinta-feira (23), envolveu 428 universidades da região, sendo 98 delas brasileiras.

Segundo o balanço, a UFRGS, única universidade gaúcha entre as 50 melhores, consta como a sexta melhor entre as instituições de ensino brasileiras e a terceira entre as federais. Os melhores indicadores da instituição são os que se referem ao corpo docente com doutorado (99,8), redes internacionais de pesquisa (99,6) e publicação de artigos científico (97,1).

O levantamento usa cinco critérios básicos: impacto e produtividade da pesquisa; compromisso docente; empregabilidade; impacto online; e internacionalização. Além disso, o método retém os principais indicadores do ranking global elaborado pela QS, como reputação acadêmica, reputação do empregador e proporção corpo docente por aluno, considerando um conjunto de métricas de desempenho adaptadas para a região.

O ranking da QS para a América Latina é liderado pela Universidade Católica do Chile, seguida pela Universidade de São Paulo e pela Universidade do Chile. O levantamento completo, bem como o desempenho da UFRGS podem ser acessados no nesse link.

QS Quacquarelli Symonds, analista internacional de Educação Superior, ainda mostra que a universidade é a única gaúcha entre as 50 melhoresRio Grande do Sul

Autor

Deixe uma resposta