O índice aparece na terceira posição no Brasil

É a primeira vez que a alta de preços ficou no topo das aflições da população mundial

A nova pesquisa “What Worries the World?”, feita pela Ipsos, revela as maiores preocupações de cidadãos em 27 países. Segundo a média global, a “inflação” é o maior problema social, com 32% das menções. É a primeira vez que a alta de preços ficou no topo das aflições da população mundial. Em seguida, aparecem “pobreza e desigualdade social”, com 31% de menções, e “desemprego”, com 29%. O estudo questionou ainda a percepção dos entrevistados em relação aos rumos de suas nações. Em média, 63% dos cidadãos afirmam que seu país está no caminho errado. Em contrapartida, 37% acreditam viver num país que está tomando o rumo certo.

No recorte brasileiro, a maior preocupação é com a “pobreza e desigualdade social”, presente em primeiro lugar para 41% dos respondentes. Em seguida, vem “saúde”, mencionada por 34%. “Inflação” aparece na terceira posição, com 33%. Os índices de confiança econômica apontam pessimismo dos brasileiros: 79% concordam que a situação da economia no Brasil está ruim. Cerca de 70% acreditam que o país está no caminho errado, contra apenas 30% que pensam o contrário. A Ipsos entrevistou 19 mil pessoas entre 25 de março de 2022 e 3 de abril de 2022, sendo aproximadamente 1 mil no Brasil.

O índice aparece na terceira posição no BrasilMundo

By

Deixe uma resposta