Engie vende termelétrica Pampa Sul por R$ 2,2 bilhões

A usina era a última a carvão da companhia catarinense

A Pampa Sul tem capacidade instalada de 345 MW

A Engie Brasil Energia assinou contrato para a venda da usina termelétrica Pampa Sul, no município de Candiota (RS), para os fundos de investimento em participações Grafito e Perfin Space X, geridos pelas empresas Starboard e Perfin, por R$ 2,2 bilhões.

“A venda é muito positiva para os planos da ENGIE de direcionar esforços e investimentos aos empreendimentos de energia renovável e infraestrutura de transmissão. Após o fechamento da operação, avançaremos em nossa estratégia, nos consolidando como a maior empresa de energia limpa do setor elétrico brasileiro, totalizando 8.096 MW de capacidade instalada própria proveniente de fontes renováveis”, declara Eduardo Sattamini, diretor presidente e de relações com investidores da Engie Brasil Energia, em comunicado.

As empresas Starboard e Perfin são gestores de fundos de investimento em participações independentes, especializados em renda variável, ativos de infraestrutura e em situações especiais, e continuarão contando com a experiência das equipes de administração e operação da usina.

A Pampa Sul tem capacidade instalada de 345 MW e era a última a carvão da companhia catarinense. A venda da térmica está alinhada ao reposicionamento estratégico do grupo de não utilizar mais fontes de origem fóssil em suas operações. O complexo já recebeu mais de R$ 2 bilhões em investimentos até hoje.

A usina era a última a carvão da companhia catarinenseRio Grande do Sul

Autor

Deixe uma resposta